Granbr digital

23 julho 2024
Home » Notícias » Pecuaria » O PERÍODO DE VACINAÇÃO CONTRA A BRUCELOSE NO PRIMEIRO SEMESTRE TERMINA EM 31 DE MAIO

O PERÍODO DE VACINAÇÃO CONTRA A BRUCELOSE NO PRIMEIRO SEMESTRE TERMINA EM 31 DE MAIO

Pecuaristas de São Paulo estão no prazo final para a vacinação obrigatória contra a Brucelose, uma doença que pode causar sérios prejuízos econômicos devido a

Pecuaristas de São Paulo estão no prazo final para a vacinação obrigatória contra a Brucelose, uma doença que pode causar sérios prejuízos econômicos devido a problemas reprodutivos no gado. A vacinação, que deve ser feita em fêmeas bovinas e bubalinas entre três e oito meses de idade, encerra-se no dia 31 de maio.

Após a vacinação, os produtores têm até o dia 7 de junho para registrar a imunização no sistema GEDAVE da Coordenadoria de Defesa Agropecuária. A medida é crucial para controlar a propagação da Brucelose, responsável por aumentar o intervalo entre partos e reduzir a taxa de natalidade e produção de leite e carne.

Lembramos que a vacinação de machos é proibida e a de fêmeas é mandatória, exigindo-se apenas uma dose ao longo da vida do animal. A eficácia deste programa é vital para a saúde do rebanho e para evitar a desvalorização das propriedades afetadas pela doença.

A Defesa Agropecuária de São Paulo também realiza inquéritos epidemiológicos para monitorar a prevalência da doença e adota medidas como o abate sanitário de animais doentes e a exigência de atestados para o trânsito de animais em eventos agropecuários. Essas ações são essenciais para manter a sanidade do rebanho e a confiança no setor agropecuário do estado.

Siga-nos nossas redes sociais para receber em primeira mão as principais notícias do mundo do agronegócio!

+ Notícias

Envie-nos uma mensagem

plugins premium WordPress