Granbr digital

23 julho 2024
Home » Notícias » Agricultura » PREÇOS DO FEIJÃO-CARIOCA DESPENCAM 24% EM MARÇO, REVELA IBRAFE

PREÇOS DO FEIJÃO-CARIOCA DESPENCAM 24% EM MARÇO, REVELA IBRAFE

Preços do Feijão-carioca caem 24% em relação a março de 2023. A demanda aumentou após queda, com estoques 16% maiores este ano.

O Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe) divulgou recentemente que os preços do Feijão-carioca tiveram uma queda significativa de 24% em comparação com o início de março de 2023. Durante a última semana, o mercado de Feijão-carioca vivenciou uma divisão temporal em sua comercialização, com um período de queda nos preços até quinta-feira, seguido por um aumento na demanda em alguns locais na sexta-feira.

A retomada das compras pelos atacadistas e varejistas sugere um comportamento estratégico diante da volatilidade do mercado, embora não pareça estar relacionada à especulação. A atual estratégia de mercado indica um rápido repasse do produto aos consumidores, com expectativas de que a redução dos preços nas gôndolas possa impulsionar o consumo.

Analistas do mercado observam que existe uma resistência significativa dos consumidores quando o preço do Feijão-carioca ultrapassa os R$ 10 por quilo. Por outro lado, preços em torno de R$ 7 a R$ 8 tendem a estimular um aumento no consumo, seguindo a tendência dos últimos anos.

Os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) corroboram com a análise do mercado, apontando para um aumento de 16% no volume de estoque de Feijão-carioca em março deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Essa elevação nos estoques contrasta com a queda acentuada nos preços, um fenômeno que tem despertado atenção de especialistas e produtores.

O gráfico e a planilha fornecidos pelo Ibrafe destacam a situação atual do mercado de Feijão-carioca, ressaltando o volume disponível e as flutuações de preço. Esses dados são essenciais para que produtores, comerciantes e consumidores compreendam as tendências do mercado e planejem suas ações de acordo com as condições atuais.

Siga-nos nossas redes sociais para receber em primeira mão as principais notícias do mundo do agronegócio!

+ Notícias

Envie-nos uma mensagem

plugins premium WordPress